Fátima 2018

Version imprimable PDF version Partager sur Twitter Partager sur Facebook
File:Pfärrich Pfarrkirche Marienstatue aus Fatima.jpgFátima 2018

Já estamos na fase final de preparação para o Grande Encontro Fátima 2018. Mesmo se são poucos os que vão participar no evento, em comparação com a totalidade das Equipas do nosso Movimento, é desejável que todos os equipistas e todas as Equipas se sintam mobilizados na preparação espiritual para este acontecimento, que a todos nos interessa (ou deve interessar). As Equipas e os casais que nele vão participar serão os representantes de todos. Com breves apontamentos, gostava de ajudar a compreender o que Fátima representa para os devotos de Nossa Senhora, cujas Aparições, de Maio a Outubro de 1917, foram reconhecidas pela Igreja. O testemunho de santidade dos Videntes, dos quais dois, Jacinta e Francisco, já foram canonizados, é o sinal mais forte da autenticidade e verdade do que em Fátima se passou.

Os acontecimentos de Fátima podem organizar-se em torno de três ciclos:

1) o ciclo angélico, as Aparições do Anjo em 1916, preparando os Pastorinhos para as Aparições de Nossa Senhora;

2) o ciclo mariano, as seis Aparições de Nossa Senhora nos dias 13 de Maio a Outubro de 1017 (excepto em Agosto, que foi a 19);

3) e um terceiro ciclo, em Pontevedra e Tuy, em Espanha, entre 1925 e 1929, as Aparições de Nossa Senhora a Lúcia, quando já era religiosa das Irmãs Doroteias.

Nos próximos apontamentos comentarei e explicarei um pouco cada um dos ciclos. Mas, para já, ficais com uma ideia da extensão temporal e espacial dos acontecimentos de Fátima, cujo conteúdo explicarei nos próximos apontamentos.

P. José Jacinto Ferreira de Farias, scj
Conselheiro Espiritual da ERI